Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Francesinha

Neste blog vou falar de tudo o que me passar pela cabeça, coisa positivas, desabafos, curiosidades, preocupações, outros.

A Francesinha

Neste blog vou falar de tudo o que me passar pela cabeça, coisa positivas, desabafos, curiosidades, preocupações, outros.

19/10/14

Profundas tristezas não saradas...

Ha dias, ha situações em que ja não sabemos como agir... o que fazer... o que dizer.... Por vezes, sentimo-nos tão mal, mas por habito fazemos de conta que tudo esta a correr bem ...as pessoas tem a impressão que nunca nos sentimos tristes, que podem dizer o que querem, fazerem o que quiserem; agirem como querem...E nos sentimo-nos cada vez mais destruidos, sentimos que ja estamos no limite, que não aguentamos mais, e mesmo assim, aqui estamos...aqui estamos com esse habito de sorrir, de mentir, de actuar...e o pior é que todos acreditam...

Talvez seja nossa culpa, nossa culpa por não sabermos pedir ajuda, ou nossa culpa por não conseguirmos ser sinceros conosco mesmos... eu não consigo... pergunto-me o que ainda faço aqui , pergunto-me porque continuo a suportar tudo isto e continuar a fingir... pergunto-me quem realmente sou afinal...

Começo a não saber como agir, a perder as forças... todos acreditam que talvez seja uma fase, que somos fortes por aguentar..eu diria que somos fortes por fingir... quem nunca fingiu que tudo estava bem então que so tinhamos vontade de chorar? Quem nunca disse "estou apenas cansada" quando perguntava se estava tudo bem ? Quem nunca teve a sensação que vai explodir com tantos sentimentos reprimidos? Quem nunca teve vontade de desistir ?

Tentamos pensar naqueles que nos rodeiam, aqueles que precisam de nos, a familia, os amigos, namorados, ou pessoas que iremos conhecer... mas chega o momento, que ja nem isso nos da forças...

Continuamos a suportar tudo, a fingir por falta de coragem... Continuamos na esperança que tudo vai melhorar, continuamos pois os outros acreditam nos nossos falsos sorrisos...Continuamos pois não sabemos mais o que fazer...

 Hoje estou num dia em que o peso das tristezas guardadas estão de volta...

06/10/14

Incerto, rapido, medo ... VIDA

Tudo passa tão rapido... num momento esta sol, calor como se fosse verão...passado alguns minutos chove, esta frio...

Noutro momento vemos toda a gente a sorrir, e no outro, por apenas um copo de alcool a mais vemos violencia, gritos, choros....

A mim assusta-me realisar que as coisas podem mudar assim tão rapido, sem sequer nos dermos conta...

Tenho medo... sempre tive medo do incerto, mas com os anos nos demos conta que numa questão de segundos tudo pode mudar, o menos provavel acontece, as pessoas "transformam-se", numa questão de segundo tudo pode ser destruido, uma vida pode mudar, coisas acontecem... e o pior de tudo, é que nem consiguimos ter controle nisso...

Vão me dizer que não é uma questão de tempo, mas uma questão de atitude dos outros. E têm razão, o tempo, as horas, os minutos, não mudam nada, são sempre os mesmos...o que muda as situações são as pessoas...

Eu quero ter controle na minha vida, ajudar, ver o que se passa a minha volta e conseguir ajudar antes que piore... não quero ver coisas quase impossiveis acontecerem, não quero ver mais pessoas mudarem de personalidade em tão pouco tempo... não quero ver pessoas sofrerem mais... quero ter o controle... algo impossivel... algo incerto... não.

21/09/14

Cabeça no ar

Hoje o meu irmão (Chris) foi com o nosso irmão (Fabio) lavar o carro, mas claro, tão cabeça no ar que ele é, deixou o casaco com a carteira (mais de 30euros e documentos) de lado, pois queria limpar o interior, o problema é que ele foi embora sem o casaco!

2 horas depois, depois de ter andado nas compras e finalmente voltar para casa, ele da-se conta que esqueceu o casaco! E claro, quando voltaram o casaco já não lá estava...

Decidiram ir a GNR, e lá disseram "se recebermos alguma coisa, entraremos em contacto" (mas não pediram o numero de telemovel do meu irmão nem nada..)

 

O Chris pensa que foi a cliente que estava ao lado deles que deve ter pegado e levou à policia da cidade (não foi onde vivemos), e tem a esperança que lhe devolvem pelo menos os documentos...Já o Fábio e o meu pai pensam que alguém roubou e que ele pode dizer adeus aos seus documentos, chaves e dinheiro...

 

Como se não bastasse, um dos documentos era a carta de identidade portuguesa (como eu , ele não tem direito à francesa), também havia lá um papel com a nossa morada e as chaves de casa...

 

Espero que seja como ele pensa, alguém pegou e levou a GNR...

 

Já vos aconteceu algo parecido ?

 

P.S: É a 2ª vez que isso lhe acontece...mas da 1ª vez ninguém tinha pego no casaco e ele tinha-se apercebido mais cedo...

 

16/09/14

Isto irrita-me... e muito...

Todos os dias fico cada vez mais admirada com a generação que nos segue... e não pelo lado positivo...

Vou dar alguns exemplos, de coisas que ouço e vejo constantemente:

-> Rapariga/miúdas que arrotam como ogres em frente à toda a gente - justificando que é natural (arrotar e não só...), que as mulheres tambem o fazem como homens. Eu aceito que é natural, mas não é preciso faze-lo sem vergonha nenhuma, acho isso nojento! Ainda por cima acham imensa piada! Sinceramente ...

-> Canalha de menos de 15 anos, que o único vocabulário que têm na boca são asneiras! Não fazem 1 frase sem dizerem pelo menos 1 asneira... Onde está a educação ? Não me venham dizer "Não é culpa dos pais, eles podem ouvir isso na rua" - exato, repito: onde está a educação ? da canalha e dos outros (chamo canalha, porque são crianças que ficam felizes por serem capazes de dizer tanta asneira)

-> Raparigas que ainda anda na escola (menos de 15 anos) que falam sobre como bateram/andaram a luta com outros, e que forem castigados por isso, e ainda repetem " ele vai levar um soco meu nas trombas! " ....Não comento...

-> Raparigas que cospem no chão (velhas, jovens ou adultas)... já ver rapazes a fazerem isso é desagradavel então mulheres...

 

E finalmente,

-> Aquelas expressões que não querem dizer nada: "estou cansada, tua mae!" ????? Porque sempre chamar às mães? porque acrescentar mãe neste comentario? dizer apenas "estou cansada" não chegava? Essa ouvi hoje, tem outras expressões para caracterizar os pais (mas não sei como traduzir em portugues), ou então "wesh" - no fim de cada frase, ou "Sobre a vida da minha mãe!" que seja para jurar ou por outra razão...

 

Eu costumava ver os franceses como 'Educados'....Mas os mais jovens estão a estragar essa imagem... não sei se o fazem por ser "discurso popular" ou se é para se mostrarem rebeldes ou outras razões...mas, é mesmo necessário ?

 

Não sei o que vocês acham...mas vou dizer que é uma "degradação da sociedade"...  é triste

12/09/14

Carro encontrado

Lembram-se de eu ter falado que roubaram o carro ao meu pai ? Bem, hoje ele foi encontrado! Mas.... totalmente queimado!

 

 

Não sei porque as pessoas fazem isso... Porque roubar um carro para deixa-lo nesse estado depois? Não sei se é simples maldade ou se fizeram por diversão, mas sinceramente, o meu pai ficou bem irritado...e com razão.

O carro estava algumas cidades mais longe da nossa, perto de uma floresta, assim, a beira da estrada. Os que viviam perto do local disseram que viram jovens no carro Sexta-feira, e parece que na Terça-feira foi queimado...

08/08/14

Novos laços perdidos

As vezes acabamos por criar laços com pessoas sem realmente nos darmos conta... habituamo-nos à presença delas, à atitude delas em relação à nós, ou até mesmo ao humor deles...Até que um dia, perdemos essas pessoas, não as vemos mais, não rimos mais com elas, não falamos, nem as vemos mais...então sentimos um vazio, um vazio que aos poucos vai crescendo, e aí, arrependemo-nos de não ter passado mais tempo com elas, de não ter aproveitado mais da presença delas..e é aos poucos que reparamos o quanto essas poucas pessoas faziam diferença na nossa vida.. o quanto elas importam aos nossos olhos, e apenas queremos que tudo volte ao normal, como antes..mas nada vai ser como antes.

 

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.